Sabe aquele mal de reforma em casa... já que tá mexendo nisso arruma aquilo?
Pois bem... cabe para reforma de moto também (rs).

C..." /> Sabe aquele mal de reforma em casa... já que tá mexendo nisso arruma aquilo?
Pois bem... cabe para reforma de moto também (rs).

C" />

PINTURA DA SHELDA

Postado em: 3/10/2010 | Categoria: Manutenção da Moto
Diário de Motocicleta

Sabe aquele mal de reforma em casa... já que tá mexendo nisso arruma aquilo?
Pois bem... cabe para reforma de moto também (rs).

Com a moto toda depenada, resolvi repintar a Shelda mas desta vez fui experimentar um novo estilo de pintura.

Lendo blogs na web sobre motos, vi um cabra que usou tinta antiderrapante da Colorgin para pintar a caixa da primária da HD dele e que o resultado foi um rugoso bem parecido com a HD.

Resolvi experimentar!

Comprei 3 latas de antiderrapante preto e um incolor - a Colorgin ainda faz essa tinta nas cores branco e amarela.
Sabe aquela lixa que se coloca em escadas para não escorregar? Essa tinta faz as vezes dessa lixa e como ela tem que grudar em azulejo... adere bem em qualquer superfície.


Comecei lixando os cromos do guidão, pedadeleiras da garupa, comando avançado, tampa do tanque, tampa do filtro de ar, piscas e sissy bar.

O esquema é dar uma demão suave só para cobrir parcialmente o cromo lixado... depois de seco, é só descer o sarrafo.
Se por acaso escorrer a tinta, um perfex velho, amarrado feito uma trouxinha pode tirar o exesso... como a tinta ficará rugosa, não tem com o que se preocupar.

Nas peças como paralamas, laterais e tanque o processo não foi diferente - primeira demão suave e depois mais forte.
Como minha moto é prata no documento, pintei a parte superior do tanque de cinza fosco normal (como nas Shadows até 99 - bicolor), a parte debaixo de preto e finalizei passando uma boa demão de antiderrapante incolor.

Na hora da montegem ainda pintei as bengalas, o pesçoco da Shadow e a mesa.

O resiltado ficou muito bom... o sissy bar preto parece um Sissy HD.
A textura da moto ficou incrível e o custo foi melhor ainda - somando as 3 latas de preto e 1 de antiderrapante incolor, um lata de cinza fosco e as lixas não deu R$100,00 de gastos.

O proximo passo será adesivar o tanque com flames e cobrir com incolor mais uma vez, protegendo o adesivo.

Confiram as fotos depois!

 


Oferecimento
GIVI do BRASIL

Motoque-se
Deserto do Atacama com o Diário de Motocicleta

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto