Entenda o Proj. Rodando as Cidades da Copa



Diário de Motocicleta

Quem me conhece sabe que eu não sei quantos caras jogam no gol... só para ter uma ideia do grau de importância que o tema futebol tem na minha vida, mas ai você deve estar se perguntando, que raios de projeto é este então?

Bom, há tempos nós sonhávamos em viajar pelo Brasil, na verdade, o plano sempre foi conhecer primeiro o nosso país, para só então sair em viagem pelo mundo.

Quebrar a cabeça montando um roteiro que cruzasse as cinco regiões foi um desafio superado, quando anunciaram a Copa do Mundo no Brasil.
O evento caiu como uma luva, já que distribuiram os jogos pelos quatro cantos do país.

Agora eu tinha um roteiro, e bastou um pouco de logística para traçar os mapas de uma volta completa, em sentido anti horário, saindo de São Paulo, subindo para Brasília, depois Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Manaus (seis dias navegando o Rio Amazonas e depois descendo a BR-319), Cuiabá, Porto Alegre e Curitiba.

Vimos muitas Arenas ainda em construção, muita obra que até hoje não foi entregue, e nos tornamos os únicos turistas a visitar os 12 Elefantes Brancos erguidos/reformados para a Copa do Mundo.
Política a parte, focamos no turismo que estas 12 cidades "sede da copa" oferecem aos turistas, com ou sem um evento deste porte.

Em parceria pela 2ª vez consecutiva com o Salão Duas Rodas, nossa trip pelo Brasil terminou com a nossa moto mais suja do que nunca, em exposição no Anhembi, onde mais uma vez tivemos o prazer de receber o abraço dos amigos e escutar incríveis relatos de viajantes de moto.

PASSEIO DE BUGGY EM GENIPABU

Cidade: Natal/RN | Categoria: Passeios
Postado em: 27/8/2013
Diário de Motocicleta

Os planos para o dia eram ambiciosos... como ontem choveu praticamente toda a manhã, nosso cronograma ficou apertado e a ponto de estudarmos a possibilidade de ficarmos mais um dia. Mas o embarque em Belém aperta nosso relógio, então tivemos que correr.

Voltando para casa falaremos dos passeios ao Aquário e Cajueiro e por hora vamos nos atentar ao passeio de buggy por Genipabu.

Os passeios são tradicionais em Natal, e não fazê-los é como ir ao Rio de Janeiro... bom, você já sabe.

Na grande maioria, os passeios levam cerca de 7h para percorrer aproximadamente 75 km entre ida e volta, e parada para almoço que pode levar até duas horas.

Os destinos são variados tanto para o Norte como para o Sul, podendo chegar até Touros (100 km de Natal) até Baía Formosa (igual distância ao Sul).
O padrão é até Muriú ao Norte, mas como queríamos fazer outros passeios, acertamos com o Duda um roteiro menor de aproximadamente 3h de duração.

Previsto estava a Santa Rita e todo Genipabu, incluindo a lagoa, o skybunda e a praia de cinema.

Em todos esses pontos é possível parar, descer para fotos, compras, bebidas e comidas.

Recomendamos a descida de skybunda que sai por R$8,00 a escorregada pela areia. É divertido e se você rolar pela areia, ficará na memória de muitos para sempre.

Há também passeio de Dromedário no local, e requer reserva com antecedência. Custa em média R$40,00 vinte minutos, mas vai depender do percurso.

Na passada pela Praia de Genipabu é possível parar para uma cerveja gelada, afinal de contas você não estará pilotando.

Deste ponto o passeio ainda segue para Pitangui, Jacumã e Muriú, mas nós voltamos deste ponto.

Geralmente o passeio custa R$80,00 por pessoa (até 4 pessoas por buggy onde você será apresentado aos outros passageiros na hora do passeio, ou pode fechar o buggy para você por R$360,00.

Nosso passeio curto custou R$200,00, pagos em espécie após o tour.
Recomendado o simpático bugueiro Duda (84) 9183-9122. Mencione o Guga e a Elda do Diário de Motocicleta.

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto