patrocinado por

À BORDO DO NAVIO NÉLIO CORRÊA

29º dia de viagem
Dia: 4/9/2013 | Cidade: Rio Amazonas/PA | Categoria: Diário do Piloto
Diário de Motocicleta

Nosso dia de embarcar rumo à Manaus chegará. Durante toda a viagem, este momento foi uma preocupação por conta das datas de partidas dos navios e barcos, pois as saídas são apenas às terças e quartas... se perdêssemos o embarque, ficaríamos uma semana em Belém o que com certeza comprometeria nosso orçamento.

Mas a hora era agora!

Aproveitamos o tempo de tolerância do hotel e fomos ao supermercado comprar água, suco, Cup Noodles, pão de forma e atum em lata... além de guardanapo, talheres, sabonete e uma toalha de banho, que não são oferecidos pelo barco.

Ficamos hospedados até às 14h, quando partimos para o Porto Marques Pinto embarcar no barco Nélio Corrêa.

Quando chegamos, a maré estava na vazante e descer a moto para balsa atrelada ao barco foi um parto... gostaria de ter filmado, mas tive que por a mão na massa e ajudar outros 5 carregadores para descer a moto por uma rampa que mal cabia a moto.

A essa altura a Elda já desfrutava da nossa cabine presidencial, um camarote medindo 1,5x2m e cerca de 1,85cm de altura... nesse espaço todo, um beliche e a porta do banheiro que as fotos falam por si.

Ao custo de US$ 434,78 5 diárias/casal (R$1.000,00 na época), este foi o pior lugar em que nos hospedamos... mil vezes pior que as simples cidadezinhas de Aiquiles na Bolívia, ou Puquio no Peru.

Mas navegar é preciso, e por estas bandas não espere luxo, se o quiser, fique em casa.

A previsão era partir às 18h, mas só embarcamos a moto, de fato o último item do píer, apenas às 19h30, e com um atraso de 2h, o barco começou sua longa jornada de cinco dias.

O Navio

A bordo existem quatro níveis de deck, o porão e o primeiro piso são ocupados apenas por carga, no segundo ficam as abarrotadas redes comuns, banheiros comunitários, restaurante e quartos da tripulação, e no terceiro nível os camarotes (com beliche), um barzinho, as privilegiadas “redes com ar” (não é ar condicionado não... é vento mesmo), além da ponte de comando.

Das 6h30 até às 8h é servido o café da manhã por US$ 1,25.
Das 11h30 até às 13h servem o almoço por US$ 3,75, e das 18h até às 19h30 é servido o jantar pelo mesmo preço.


O impacto da primeira noite a bordo vem com estrelas que pipocam no céu negro do Pará, enquanto destoam a tranquilodade das águas do Rio do Arrozal e a turbulência do Rio Bahia em sua forte correnteza.

O segundo impacto da primeria noite é cansaço por conta de um dia de espera debaixo de um forte calor.
Essa combinação nos jogou na cama antes da meia noite... a primeira de 5 noitadas que nos aguardam nesta viagem.

Confira o próximo dia a bordo do Nélio Corrêa rumo a Manaus!

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto