Entenda o Proj. Rodando as Cidades da Copa



Diário de Motocicleta

Quem me conhece sabe que eu não sei quantos caras jogam no gol... só para ter uma ideia do grau de importância que o tema futebol tem na minha vida, mas ai você deve estar se perguntando, que raios de projeto é este então?

Bom, há tempos nós sonhávamos em viajar pelo Brasil, na verdade, o plano sempre foi conhecer primeiro o nosso país, para só então sair em viagem pelo mundo.

Quebrar a cabeça montando um roteiro que cruzasse as cinco regiões foi um desafio superado, quando anunciaram a Copa do Mundo no Brasil.
O evento caiu como uma luva, já que distribuiram os jogos pelos quatro cantos do país.

Agora eu tinha um roteiro, e bastou um pouco de logística para traçar os mapas de uma volta completa, em sentido anti horário, saindo de São Paulo, subindo para Brasília, depois Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Manaus (seis dias navegando o Rio Amazonas e depois descendo a BR-319), Cuiabá, Porto Alegre e Curitiba.

Vimos muitas Arenas ainda em construção, muita obra que até hoje não foi entregue, e nos tornamos os únicos turistas a visitar os 12 Elefantes Brancos erguidos/reformados para a Copa do Mundo.
Política a parte, focamos no turismo que estas 12 cidades "sede da copa" oferecem aos turistas, com ou sem um evento deste porte.

Em parceria pela 2ª vez consecutiva com o Salão Duas Rodas, nossa trip pelo Brasil terminou com a nossa moto mais suja do que nunca, em exposição no Anhembi, onde mais uma vez tivemos o prazer de receber o abraço dos amigos e escutar incríveis relatos de viajantes de moto.

ESTÁDIO BEIRA RIO

Cidade: Porto Alegre/RS | Categoria: Infos Úteis
Postado em: 26/9/2013
Diário de Motocicleta

O Estádio José Pinheiro Borda, também conhecido como Gigante da Beira-Rio é o estádio do Sport Club Internacional e está localizado às margens do Guaíba, em Porto Alegre.

Seu nome oficial é uma homenagem a um ilustre vereador José Pinheiro Borda, um homem do futebol, que por várias vezes presidiu o Inter, e comandou durante muitos anos as obras, falecendo infelizmente antes que estas fossem terminadas.

Em 1959 o clube fincava as primeiras estacas do Beira Rio, mas sem muitos recursos, programas especiais de rádio mobilizavam torcedores colorados em todo o Rio Grande do Sul a contribuírem e estes traziam tijolos, cimento e ferro para a obra. Consta que até o Falcão, mais tarde ídolo colorado, chegou a trazer tijolos para a construção.

O Beira Rio foi inaugurado em 6 de abril de 1969, dois dias e 60 anos depois da fundação do Inter, tornando-se até os dias de hoje o 4º maior estádio particular do país.

INÍCIO DAS REFORMAS


Em dezembro de 2010, parte da arquibancada inferior começou a ser destruída, reduzindo assim a capacidade de público do estádio na temporada 2011.

Depois disso, o clube decidiu mudar a forma de financiamento da obra que seria feita com recursos próprios para uma parceria com a construtora Grupo Andrade Gutierrez, e as obras recomeçaram em março de 2011 com o prazo de entrega em dezembro de 2013.

Com projeto do escritório Hype Studio, a reforma do estádio porto-alegrense compreende uma cobertura metálica, suportada por 65 módulos de 23m em forma de asa, e capacidade que passará de 56 mil lugares (exigência da FIFA), embora segundo o clube a capacidade total pode chegar até 61 mil torcedores.

Das melhorias propostas para atender às demandas da FIFA, a colocação de cadeiras em todos os setores do estádio está praticamente acabada, bem como a reforma de vestiários, copas, banheiros, elevadores, suítes, áreas de aquecimento e camarotes.

Tanto o pórtico principal da Avenida Padre Cacique quanto o interior do museu e áreas sociais foram remodelados. O complexo conta também, desde o início de 2006, com um moderno sistema de catracas eletrônicas e carteirinhas sociais munidas de chips que garantem o fácil acesso em cada setor do estádio para os mais de 100 mil sócios do Sport Club Internacional.

Recentemente, o gramado do estádio Beira-Rio foi considerado o melhor do Brasil, em eleição realizada entre todos os capitães dos 20 times da primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Orçado em R$ 330 milhões, o projeto receberá investimentos da Sociedade de Propósito Específico (SPE). O Clube aportou parte dos recursos (R$ 26 milhões) para amortização dos custos. A SPE buscará financiamento do BNDES para até 75% do valor da obra pelo programa ProCopa – específico para apoiar a iniciativa privada nas obras para o evento de 2014 – e investirá recursos próprios para completar a diferença.

Em contrapartida, o Inter oferece para a construtora o direito de explorar por 20 anos as receitas relativas aos seguintes serviços e áreas do estádio:

• 121 Camarotes e Sky Boxes;
• 5.000 cadeiras Vips;
• Aproximadamente 6.000 m² de área comercial para locação;
• 3.000 vagas de estacionamento no edifício garagem;
• Venda do marketing esportivo do estádio;
• Exploração de shows e eventos.

O Inter permanece com os direitos sobre bilheteria e as 4 mil vagas do atual estacionamento.

CALENDÁRIO DOS JOGOS 2014

15/06 - domingo às 16h – Grupo E
18/06 - quarta-feira às 13h – Grupo B
22/06 - domingo às 13h – Grupo H
25/06 - quarta-feira às 13h – Grupo F
30/06 - segunda-feira às 17h – 8ª de final grupo G

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto