Entenda o Proj. Multi Aventura rumo ao WDW14



Diário de Motocicleta

Depois de um Test Rider com uma DUCATI Multistrada 1200, guiando um grupo de motociclistas até a Serra do Rio do Rastro (SC), o material gerado (artigo, fotos e filme e uma matéria na Revista Moto Adventure), possibilitou a oportunidade de apresentar algumas ideias para a DUCATI do Brasil.

Satisfeitos com as propostas, levaram o meu material para Itália, de onde o feedback veio em forma de convite ao World DUCATI Week 2014 - o maior evento da marca no mundo, só que eu deveria ir de moto.

Mesclamos alguns roteiros que me levasse até a Itália, e para pegar impulso, desci rumo a Buenos Aires/ARG.
Na volta passei por Montevidéu e Punta del este no Uruguai, e de volta ao Brasil, subi a costa até Recife, apresentando nas Concessionárias DUCATI a palestra Elaboração de Viagens de Longa Distância, e convidando os amigos a me acompanharem nesta trip pela Europa.

A moto ficou em Recife, e desembarcando em Lisboa/POR, peguei outra Multistrada 1200, acoplei meus baús GIVI e cruzei Portugal, Espanha e França até chegar em Misano na Itália, a tempo de participar do World DUCATI Week 2014, do qual sou detentor do record por ter rodado 14.500 km para estar ali.

Está aventura fui sem a Elda, então já tenho data para voltar.

2º DIA DE WDW2014 – UM TURBILHÃO DE SENTIMENTOS

39º dia de viagem
Cidade: Cattolica/IT | Categoria: Diário do Piloto
Postado em: 20/7/2014
Diário de Motocicleta

Costumo receber mensalmente dezenas, às vezes centenas de e-mails de amigos que manifestam “inveja branca” e o quanto desejariam levar a vida que levo, e geralmente respondo que tudo é uma questão de escolhas.

O preço a ser pago é sempre alto e poucos sabem sobre os bastidores desta suposta “vida maravilhosa”, mas o fato é que não existe heroísmo algum em viajar longas distâncias de moto, ou tomar as rédeas da própria vida e decidir fazer somente aquilo que se ama.

Nos últimos oito anos, tempo em que me tornei um motociclista, minha vida tem sido muito intensa e não tenho tempo de sentir saudades, mas olho às vezes para trás e vejo como as coisas mudam rápido, tão rápido quanto o nosso tempo de vida.

Talvez eu lamente no fim das coisas que não fiz, ou das coisas que não fiz mais cedo, mas com certeza todas essas emoções estarão latejando forte no coração.

Agora, participando do World DUCATI Week 2014, estou experimentando novas sensações, compartilhando sentimentos que nunca havia imaginado existir e que não se compara a nada do que já presenciei.

Muitos falam sobre irmandade, respeito e conduta, mas ser um DUCATISTA (com mais de 16.000 km viajados sobre uma DUCATI acho que já posso me considerar um deles) vai muito além dos códigos de conduta.

Neste novo universo não há acordos selados, normas de conduta ou patentes, você simplesmente é um apaixonado por uma das melhores máquinas do mundo... isso é incontestável.

O respeito é mútuo pelo simples motivo de sermos apaixonados... e pasmem, não é necessário ter uma DUCATI para participar de alguns Clubes de DUCATI (DOC - DUCATI OWNERS CLUB). O simples fato de amar esta marca o faz parte dela.

E eu tenho testemunhado este sentimento vendo diariamente pessoas do mundo inteiro com a mesma identidade.

Alemães, Dinamarqueses, Portugueses, Espanhóis, Americanos, Franceses, Italianos, Venezuelanos, Brasileiros, Chineses, Japoneses, Australianos, para não citar o resto do mundo, compartilham momentos e são cúmplices deste amor que é facilmente identificado pelo olhar.

Neste sábado as atividades no WDW2014 começaram com um Test Drive com foco no ABS no campo de provas da BOSCH, onde pilotando uma Monster 821 pude experimentar a potência de frenagem em grande velocidade sobre pedras... é impressionante como a moto pára sem pensar duas vezes.

Depois, concedi entrevista para o Portal G1 e para uma Revista de Motociclismo na Itália e fui pego de surpresa quando me avisaram que em poucas horas eu faria uma apresentação sobre a viagem no International Village.

Pensa no frio na barriga!

Sair de Santos/SP, ir até a Itália e poder compartilhar um pouco desta experiência para uma plateia com DUCATISTAS do mundo todo.

Essa pequena coletiva abriu os trabalhos da Festa do Brasil no WDW14, neste dia, vários DOCs realizaram festas típicas. A nossa foi a base de caipirinha (deliciosa) e mulatas com samba no pé que deixou muitos Ducatistas malucos.
Na minha apresentação contei com a ajuda de dois intérpretes, a querida Madalena Rodrigues do DOC Portugal traduzia em inglês e um intérprete traduzia em italiano. Acho que consegui passar a mensagem de que todos nós somos capazes de realizar grandes aventuras, e com uma DUCATI, com certeza a diversão é garantida.

No final da noite, fui até Misano Adriático curtir a festa dos 10 Anos do DESMO Club no Restaurante Dolce Vita e fui muito bem recebido pelo Gerente Gianluca que me ofereceu um delicioso jantar.

Além disso, os meus amigos de Portugal estavam todos lá, o que nos rendeu boas gargalhadas... é um pessoal que me recebeu muito bem em Lisboa e destes, vou levar as mais belas recordações de boas amizades.

Este segundo dia do World DUCATI Week foi muito intenso e mais uma vez tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis e passar momentos com novos amigos que me abraçaram sem qualquer tipo de julgamento ou ego inflado... aqui não existem aqueles que se acham mais ou menos que os outros, por que simplesmente somos todos iguais... somos DUCATISTAS.

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto